Conheça as vantagens de investir na RNI, uma empresa de Capital Aberto.

    Finanças24 de novembro de 2023
Conheça as vantagens de investir na RNI, uma empresa de Capital Aberto.

Uma empresa de Capital Aberto é uma sociedade anônima (S/A), cujo patrimônio é composto por ações negociadas na bolsa de valores. Dessa forma, pessoas físicas ou jurídicas podem adquiri-las e tornar-se proprietários de uma parte da organização.


Ao adquirir as ações de uma empresa e se tornar acionista, você garante o direito de receber dividendos dos lucros obtidos por ela. No entanto, não é possível realizar intervenções, uma vez que apenas os acionistas com ações ordinárias podem votar e eleger o acionista controlador.


Mas afinal, o que são ações ordinárias?

Basicamente, existem dois tipos de ações com propósitos diferentes que uma empresa pode negociar: as ordinárias e as preferenciais.
 

As ações ordinárias concedem ao acionista o direito de opinar em assuntos relacionados ao futuro da organização. Cada ação desse tipo permite um voto na tomada de decisões internas da empresa.
 

Já as ações preferenciais têm um processo de compra e venda mais simplificado e desburocratizado, tornando-as mais acessíveis na bolsa de valores. No entanto, os detentores dessas ações ficam restritos a obter ganhos recorrentes.


Por que investir na RNI?

Você sabia que a RNI Rodobens Negócios Imobiliários, uma respeitada incorporadora imobiliária com uma história rica e diversificada, está atualmente listada na Bolsa de Valores?


Suas ações são negociadas sob o código RDNI3. Com mais de três décadas de experiência no mercado imobiliário brasileiro, a empresa também se dedica a programas habitacionais, como o programa Minha Casa Minha Vida.


As ações ordinárias da RNI (RDNI3) estão disponíveis para negociação na bolsa, proporcionando aos investidores a oportunidade de participar do sucesso e do crescimento contínuo desta incorporadora. Se você tem interesse no mercado imobiliário ou está em busca de oportunidades de investimento, a RNI Rodobens Negócios Imobiliários é uma excelente escolha para investir.

 

Outros conteúdos para você

    As novas regras do FGTS e seu impacto no setor da Construção Civil
    Finanças

    As novas regras do FGTS e seu impacto no setor da Construção Civil

    O início de 2024 trouxe consigo mudanças significativas nas regras de utilização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para financiamento da habitação e Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Essas mudanças, anunciadas pelo governo, têm o potencial não apenas de impulsionar o setor imobiliário, mas também aquecer a construção civil de maneira expressiva.

    IPTU 2024: como calcular e entender tudo sobre o imposto
    Finanças

    IPTU 2024: como calcular e entender tudo sobre o imposto

    Se você está se perguntando o que é o IPTU e como calcular o valor referente ao seu imóvel, você veio ao lugar certo.

    Valorização imobiliária: Como os imóveis RNI estão impulsionando o patrimônio dos investidores com uma valorização de até 35%?
    Finanças

    Valorização imobiliária: Como os imóveis RNI estão impulsionando o patrimônio dos investidores com uma valorização de até 35%?

    Como os imóveis RNI estão impulsionando o patrimônio dos investidores com uma valorização de até 35%?

    O Boom Imobiliário em Piracicaba: imóveis valorizam 38% em um ano, uma promissora opção de investimento
    Finanças

    O Boom Imobiliário em Piracicaba: imóveis valorizam 38% em um ano, uma promissora opção de investimento

    O mercado imobiliário em Piracicaba, no interior de São Paulo, tem vivenciado um crescimento notável nos últimos anos.

    Segundo semestre segue positivo para o mercado imobiliário
    Finanças

    Segundo semestre segue positivo para o mercado imobiliário

    O mercado imobiliário está experimentando um período de dinamismo e otimismo; o cenário se mostra favorável para quem deseja adquirir um imóvel.

    Minha Casa, Minha Vida: quais as principais mudanças?
    Finanças

    Minha Casa, Minha Vida: quais as principais mudanças?

    O programa de habitação Minha Casa, Minha Vida, criado em 2009, voltou com novas regras. Agora, ficou mais fácil adquirir seu próprio imóvel. Saiba como vai funcionar.